segunda-feira, 30 de maio de 2011

Review 3x01 - Our Father - "Pai Nosso"


Bem vindos a 3° temporada. Já vimos um pouco de muita coisa nas temporadas passadas, corpos sem sangue, irmão matando irmão, manipulação, incêndio, morte de alguns, chegada de outros... Com toda certeza, muita ideia foi gasta nessas duas temporadas, agora resta a pergunta: ‘O que nos trará a 3° temporada?’


Julie Benz colocou silicone? Bom, os fãs podem levantar essa discussão... Astor e Cody estão um pouco mais crescidos, e rola um clima de uma família anormalmente calma, feliz. Meio utopia isso, não? Bom, nada é perfeito! Fiquemos de olho no que vai acontecer no decorrer da temporada... Todo fã de Dexter ri da falta de interesse das crianças vendo o papai Dexter apresentar um pouco do seu trabalho para a turma do Cody.

Debra cortou o cabelo... E o Quinn repara... Ah é, lhes apresento o Joseph Queen, digo, Quinn. E logo uma agente dos assuntos internos pede uma ajuda a Deb para ficar de olho no Quinn, o que ela recusa a fazer.

Freebo. O primeiro nome da lista da temporada. Dexter se fazendo de drogado é muito hilário! Parece que Dexter agora é um homem de família, então sua atividade noturna agora passou a ter horários flexíveis, prepara o lugar de dia para poder ‘terminar o serviço’ de noite. Ao aparecer na casa do Freebo, acaba matando um estranho qualquer, por necessidade. Dexter, é você mesmo? Tá certo que a 2° temporada acabou com ele falando que era algo inteiramente novo, com novas regras e tal, mas matar inadvertidamente? Espontaneidade nunca foi o forte de nenhum psicopata serial killer, estou certo?

Oscar Prado é o nome da vítima, irmão de Ramon Prado, policial durão e do Miguel Prado, promotor e amigo pessoal da LaGuerta. Acho que já temos uma trama para a temporada inteira! Será que é nisso que vai se desenrolar? É nisso que dá negar totalmente o código de Harry.

Angel Batista agora não é mais detetive, agora é Sargento. O que leva a Debra a entender que o cargo de detetive depende da dedicação total dela, pois indicação ela já teria! Quinn dá uma de bonzinho e a ajuda, apresentando Anton, um informante. “Oscar Prado was a fucking junkie” Debra, sendo inconveniente desde 1 de Outubro de 2006. Isso custou a retirada do caso. Batista mostra ter atitude para honrar o cargo de sargento!

Miguel Prado estranhamente liga para Dexter. “Blood never lies” O promotor parece ter uma leve fascinação pelo trabalho do ‘Mr. Morgan’, encaminhado por uma conversa, Dex é convidado ao velório. Uma aproximação da família Prado que pode ser interessante para a trama.

WTF? Arrancaram parte da pele da vítima? Namorada do Freebo ainda?

Oremos pela continuidade da temporada, pois ganchos para a trama já foram desenvolvidos neste primeiro episódio! Dexter cometeu uma cagada colossal logo no primeiro episódio, matando o irmão do promotor, mas tem 11 episódios para assegurar de que nada o acontecerá. Como se não bastassem o erro e o assassinato com parte da pele arrancada, Rita ainda percebe estar grávida! As fãs de Dexter já deviam ter percebido, pelo ‘clima’, mas foi bom ela ter falado para a informação dos fãs homens.

Considerações finais: Miguel Prado, Ramon Prado, Joseph Quinn e Freebo. Guardem esses nomes. Sem mais spoilers.

Por: @Gabrielbarros42

0 comentários:

Postar um comentário

CARREGANDO NOVO FORMULÁRIO DE COMENTÁRIOS. AGUARDE.... SE VOCÊ ESTIVER LENDO ISSO E A PÁGINA FOI TOTALMENTE CARREGADA, NÃO USE ESTE FORMULÁRIO PARA COMENTAR. APERTE F5 E AGUARDE O NOVO FORMULÁRIO CARREGAR