segunda-feira, 7 de novembro de 2011

Review 6x06 - Just Let Go

Aviso importante: Isto aqui não é um resumo do episódio, isto é uma crítica, um lugar para discussão dos acontecimentos do presente capítulo, especulação dos próximos e formulação de teorias, então há possíveis spoilers.

“Quem atirou no irmão Sam não merece viver.” Uma das regras do código de Harry era: “não se envolva”, lembram? Olha Dexter se envolvendo aí. Não que eu esteja reclamando, pois na verdade isso me suscita um desejo enorme de justiça! O atirador do irmão Sam foi, pela polícia, identificado como Leo Hernandez. Dexter logo iria pegá-lo, mas ele foi morto em um tiroteio, justiça foi feita. É aí que entra a importância disso na série, Dexter não se sente nada melhor com a justiça. Seu sentimento ainda está lá, o Dark Passenger não foi satisfeito, mas ele precisa. Felizmente o episódio dá uma reviravolta e Nick se mostra o atirador do, agora finado, irmão Sam. O diálogo de Dexter e Nick na praia? Fantástica! Mas eu não quero falar sobre isso agora, vou deixar o assunto pra mais tarde, ok?


 Nada mais conflitante que matar em nome de Deus, não é mesmo? Isso é coisa do velho testamento, ao qual, segundo a própria bíblia, estava imposta a dispensação da lei. Olho por olho, dente por dente. O Deus conhecido era um justiceiro que moldava seus planos para que tudo ocorresse de acordo com sua vontade. Travis e Gellar(?) estão seguindo o mesmo caminho.
É uma pena – OU NÃO -  que eu vos informo que esta trama atual dos assassinos do dia do juízo final, pode se tornar uma trama secundária a partir deste episódio. “Dexter volta às raízes”, alguém já pensou realmente no verdadeiro sentido disso? Tenho certeza que a maioria flanou sobre Dex voltar a ser o serial killer com princípios e sem ligação sentimental com ninguém, mas não é  tão simplesmente isso que acontece. Harrison e o irmão Sam são provas vivas (até então) disso. O @murilo_grilo me atentou a isso. Mais tarde voltamos a falar nisso, tudo bem?
A maioria das investigações são obstruídas pela falta de evidências, testemunhas e tal, mas esta está um tanto diferente. SE FUDEU, QUINN! A questão em jogo é que o bonitão do Quinn resolveu afogar suas mágoas ‘dentro’ de todas as mulheres do mundo. Acontece que uma dessas mulheres pode ser chave na investigação e a Deb a quer na Miami Metro. É difícil não levar pro lado pessoal, não? “Meu ex-quase-futuro-marido ferrou toda investigação por que dormiu com uma testemunha.” 


Na review passada eu comentei sobre a trama paralela que eu achei que fosse ficar sem final, a terapia da Deb. Fiquei feliz de ver neste episódio (nada a ver com o fato de eu estudar Psicologia, ok?). Acho que isso pode trazer bastante coisa entre a relação com Dexter, com o Harry e até mesmo com o.. bom, mais uma vez, adiemos. Falamos neste assunto mais tarde. O fato é que Deb tá passando por muita barra, e está tendo muita dificuldade em lidar com isso. É por isso que eu acho que ela não descobrirá nada sobre Dexter nesta temporada. Agora estão trabalhando no sentimento de exclusão dela. Ela sente que não está mais por dentro das piadas do departamento, que está meio fora da “ação” da polícia, se sente estranha por ser chefe do todo-poderoso Dexter... É ótimo ver a série trabalhando na mente da pessoa! Isso molda caráter, prepara para grandes acontecimentos!
“Quem atirou no irmão Sam não merece viver.” Uma das regras do código de Harry era: “não se envolva”, lembram? Olha Dexter se envolvendo aí. Não que eu esteja reclamando, pois na verdade isso me suscita um desejo enorme de justiça! O atirador do irmão Sam foi identificado como Leo Hernandez. Dexter logo iria pegá-lo, mas morreu em um tiroteio com a polícia, justiça foi feita. É aí que entra a importância disso na série, Dexter não se sente nada melhor com a justiça. Seu sentimento ainda está lá, o Dark Passenger não foi satisfeito, mas ele precisa. Felizmente o episódio dá uma reviravolta e Nick se mostra o atirador do, agora finado, irmão Sam. Os detalhes são perfeitos! O Eli, cachorro do Sam, só não late para o Nick, e para o atirador.. OH WAIT! Pois é, depois de um pouco de forense, temos certeza do atirador. O diálogo de Dexter e Nick na praia? Fantástico! Mas eu não quero falar sobre isso agora, vou deixar o assunto pra mais tarde, certo?


Para quem ainda tem dúvidas sobre a importância do Harry na história de Dexter, ele é o superego de Dexter, ele é quem dita as regras de convivência e permite – ou controla – os acontecimentos, as ações de Dexter. É como se Harry fosse o ‘anjinho’ no ombro de Dex, e o dark passenger fosse o ‘diabinho’. Dexter precisou de ter seu lado bom (Harry) personalizado, pois era pequeno. Quando o dark passenger aparenta ir embora, Dexter obviamente ficaria ‘bonzinho’, então ele cria um mecanismo que mantenha o equilíbrio. Ele personaliza seu dark passenger. Bem vindo Brian Moser. Esse era o assunto que eu estava adiando. Brian é a volta de Dexter às origens, pode ser assunto de terapia de Deb, e está atrás de Dexter quando este nega o perdão e mata Nick.
Falando em matar Nick, “Ele me mandou pra te perdoar” Mas Nick começa a provoca-lo, OH DARK PASSENGER!
PUTA QUE PARIU, esta temporada realmente está ótima! “Hey little brother, miss me?”
A volta de Brian vai significar MUITO! Podemos esperar um Dexter descontrolado e arruaceiro num primeiro momento! Teremos mais sangue do que nas 4 temporadas juntas, espero!
Ps.¹: Não gostei de a psicóloga dar conselhos à Deb. O psicólogo não é amigo, ele ajuda a pessoa a chegar na resposta, não dá conselhos! A Debra precisa crescer sozinha, aprender a se virar, ser mais e mais independente! O cargo dela exige isso.
Ps.²: Desde quando o Batista é best friend forever do Quinn? Angel parou no tempo na série, seu personagem era cheio de erros, porém ético. Mas não teve bom crescimento, por isso não é tenente hoje. Não se perca, Batista!
Ps.³: A morte de Sam foi pacífica, pra mim. Mas eu tenho que falar, adorei o papel dele na série! Sim, lamento a morte, mas parabéns ao Mos Def! Conseguiu mexer com a cabeça do intocável serial killer!

Desculpem pelo tamanho da review, não resisti... Até a próxima! 

0 comentários:

Postar um comentário

CARREGANDO NOVO FORMULÁRIO DE COMENTÁRIOS. AGUARDE.... SE VOCÊ ESTIVER LENDO ISSO E A PÁGINA FOI TOTALMENTE CARREGADA, NÃO USE ESTE FORMULÁRIO PARA COMENTAR. APERTE F5 E AGUARDE O NOVO FORMULÁRIO CARREGAR