quarta-feira, 14 de dezembro de 2011

Michael C. Hall: “Jennifer e eu estávamos cientes de que a história estava movendo nessa direção.”


Não leia se você ainda não assistiu ao episódio 6x11 - "Talk to the Hand"

Outra entrevista do Michael C. Hall para o AolTV: Sempre esperamos que os últimos episódios das temporadas de Dexter sejam de acelerar o coração e intensos, mas o penúltimo da 6° temporada levantou um suspense. Em “Talk to the Hand” Dexter impediu que o gás venenoso que ameaçava Miami Metro e perdeu no encontro com Travis, acabando em um barco, no mar, arrodeado por um anel de fogo. Isso também abriu a caixa de pandora da tensão sexual com sua meia-irmã, quando a terapeuta da Deb sugeriu que ela talvez estivesse apaixonada pelo Dexter.

Para ajudar a trazer alguma espectativa a um episódio tão vertiginoso, AOL TV entrevistou o próprio Dexter Morgan, Michael C. Hall. Nós discutimos o episódio da noite, os desenvolvimentos da 6° temporada onde Dexter pode estar caminhando para suas duas temporadas finais. Hall ofereceu seus pensamentos a respeito do ataque do Absinto, a descoberta sobre Gellar, e o novo, estranho vínculo no complexo relacionamento com Jennifer Carpenter. Leia a entrevista.

Muitas coisas selvagens aconteceram nesse episódio, mas o mais interessante foi a direção de algo estranho, um tenso relacionamento sexual incestuoso entre Deb e Dexter. Então sua irmã adotiva que pode ter sentimentos pelo seu personagem também é sua ex-mulher na vida real. Os escritores estão tentando mexer com você com isso?
Com certeza. [Risos] Mas não sem nossa benção. Jennifer e eu estávamos cientes que a história estava movendo nessa direção. Nós rimos a respeito disso... mas sabe, como há partes inevitáveis, nós dois fomos muito profissionais e comprometidos com a história. E francamente, o que acontecer com a Jennifer e eu e com a evolução do nosso relacionamento, Dexter diz no primeiro episódio, “se eu pudesse sentir algo, seria pela Deb.” Eu acho que ambos os personagens estão em uma rota de colisão.

Dexter pareceu quase um super-herói nesse episódio, impedindo o Absinto e miraculosamente sobrevivendo ao anel de fogo no final. Com frequência ele parece indestrutível. Você acha que a falta de realismo pode afetar a trama?
Honestamente eu senti isso desde o começo, isso é inegável, se você olhar para a lógica, tem um elemento fantástico no mundo do seriado e nas habilidades desse cara. Não é um seriado baseado em uma história em quadrinhos, mas parece.

Você sabe, no set, nós estamos muito preocupados com a implausibilidade logística ou literal das coisas que acontecem na série, mas eu acho que isso é uma suspensão da descrença que é exigida de nossa audiência.

Você olha para o final da primeira temporada ...ele domina o Assassino do Caminhão de Gelo, e o leva para o quarto do Assassino do Caminhão de Gelo, que é uma parte de cena do crime ativa, e corta a sua garganta? Isso é realmente absurdo, mas é um pouco de casualidade ou coincidência fantástica... Eu tenho sugerido em outras entrevistas que enquanto não for visto, Dexter definitivamente tem o poder de voar e de se transformar em fumaça.

Na cena onde um dos discípulos do religioso maluco Travis ataca a estação com gás venenoso foi incrivelmente assustadora e intensa. Qual é a chave para a série estar sempre pronta para nos deixar no clímax de roer as unhas?
Eu realmente atribuo muito disso aos nossos roteiristas, e Scott Buck, que está sentado a cabeceira da mesa do roteirista agora. Essa temporada está sendo bem satisfatória no caminho de que tudo leva a outra coisa. Não há pontas soltas. Sua habilidade para trabalhar que o “Rubik´s Cube” tem em sua mente é divertido de se ver e de fazer parte.

Então Dexter vai conseguir publicidade e ser aclamado como herói agora? Como ele vai lidar com isso?
Você sabe, sua cabeça já está bem confusa. Sua habilidade para justificar seu comportamento de uma forma ou de outra é bastante impressionante. Eu acho que se alguma coisa, pudesse atiçar nele algum tipo de apetite. Ele está realmente empenhado em ser apanhado – essa é sua primeira regra do código – mas eu acho que há outro lado da moeda, e Dexter definitivamente tem um apetite para revelação, e mesmo que talvez esteja sepultado, há um desejo a ser celebrado.

Dexter é um nadador forte?
Quero dizer, vamos lá. Sim. É melhor que seja. Ou ele pode ter sorte melhor em algo. Eu vou te falar muito...que a água de San Pedro não está quente. Estava muito frio. Estava complicado fingir que eu estava em Miami. Meus dentes podem ter batido uma vez ou outra. Ainda bem que puderam cortar isso.

Depois da volta de Gellar, os fãs agora estão se direcionando para saber algo a mais sobre Louis Greene. As pessoas estão imaginando se ele está conectado com o Assassino do Caminhão de Gelo. Minha própria teoria é de que ele está usando seus próprios poderes algoritmos para isolar Dexter como o açougueiro de Bay Harbor.
Essa é uma possibilidade. É um cara formidável dado seu acesso e experiência. Parece bastante claro que ele é um pouco obcecado com Dexter de uma forma que é... potencialmente problemática.

Falando na volta de Gellar, há algo que você possa aconselhar os fãs para voltar e re-assistir, que eles possam ver de forma diferente depois de saber que esse cara estava morto todo o tempo?
De forma geral, você perceberá que Gellar não interage com ninguém mais. Especificamente, há uma cena onde ele está em um restaurante com Travis onde ele nunca é reconhecido pelo garçom e não tem nada na frente dele. Então há outra cena onde ele está em um clube noturno, e é completamente visível que ele é algumas décadas mais velho do que qualquer um ali, parado na frente de uma máquina de jornal com sua foto na primeira página. Essa é a parte da diversão da volta como eu imagino, e então você pode olhar para trás e dizer, “Oh, é claro, eu deveria ter visto isso.”

Era quase decepcionante, porque Edward James Olmos havia feito um grande trabalho de psicopata de crianças.
Eu sei. Eu acho que muitas pessoas estavam olhando para frente para a cena na qual Dexter e Gellar estariam juntos, mas isso nunca aconteceu. Bem, isso aconteceu, mas foi congelado. E esse era ele, no congelador de maquiagem de mortos.

Enquanto estamos falando sobre atores convidados, uma das coisas que pareceu realmente dar chão para Dexter nessa temporada foi sua amizade com o Irmão Sam. Foi uma pena vê-lo partir.
Essa foi a mais legítima amizade ou conexão que ele já teve com alguém... que ele não está indo para finalmente matar. As pessoas estavam vendo provavelmente como, “Oh por favor, não o mate também... “ Ele [Mos Def] estava ótimo nesse papel.

Dexter ficou próximo de ficar um serial killer complete e de abraçar seu instintos escuros nessa temporada, particularmente no episódio “Nebraska”. Ao mesmo tempo, ele está crescendo como pai e amigo. Quão desafiador é interpretar isso?
É tanto desafiador quanto gratificante. Eu me encontrei nessa sexta temporada da série que eu estou surpreso e tentando acompanhar, o que é ótimo. Eu sempre estou tentando ir a frente, e felizmente, existem várias pessoas envolvidas na conversação criativa e não podemos... você quer o desafio da afeição do público a um ponto, mas você precisa ter um pouco de consciência de não aliená-los ou perdê-los.

Então você teve que dar uma arma ao dono do hotel antes de Dexter poder colocar um tridente através do seu estômago?
Esse é o truqye. [risos]. Você precisa colocá-lo em um cenário de matar ou de ser assassinado, onde ele não tem escolha. Mesmo que ele tenha tudo a ver com o fato de que ele está na situação... Mesmo que seja uma arma que Dexter roubou. E também para lembrá-lo nesse episódio, Dexter está sozinho. Brian não estava exatamente ali. Ele estava fazendo tudo isso por si mesmo.

Isso te leva a se perguntar sobre como quão confuso psicologicamente Dexter está atualmente. Você sabe, alem de ser um sociopata.
Sim. Esse é um tipo de momento mágico quando nós veremos Dexter naquele porão vendo Travis falar com o Gellar imaginário enquanto tem uma conversa sobre seu ombro com seu pai imaginário. Ele é louco, cara.

Tradução: @Gabrielbarros42 @paulajes 
Fonte: AolTV | DexterGR
    

0 comentários:

Postar um comentário

CARREGANDO NOVO FORMULÁRIO DE COMENTÁRIOS. AGUARDE.... SE VOCÊ ESTIVER LENDO ISSO E A PÁGINA FOI TOTALMENTE CARREGADA, NÃO USE ESTE FORMULÁRIO PARA COMENTAR. APERTE F5 E AGUARDE O NOVO FORMULÁRIO CARREGAR