sexta-feira, 13 de janeiro de 2012

Produtor Executivo Manny Coto Fala Sobre a 7ª Temporada de Dexter

A sexta temporada de “Dexter” terminou com um choque. Dependendo do seu ponto de vista, o choque pode tanto ser a Debra ter visto Dexter no meio de um assassinato, quanto Debra procurando um romance com seu irmão adotivo a conselho de uma terapeuta profissional. (Eu fiquei mais chocado com o último.)

O atual showrunner, Manny Coto, se encontrou com a “Television Critics Association” em uma festa, e ele falou sobre os dois tópicos. Primeiro para novas notícias. A sétima temporada obviamente irá visar se Debra denuncia Dexter ou mantém seu segredo (provavelmente o último. Se eles conseguirem fazer 13 episódios com Debra prendendo/caçando Dexter, bravo.)

Uma decisão crucial será onde começar o início da temporada. Coto está querendo começar imediatamente após, mas pular um pouco à frente é uma possibilidade. “Nós temos discutido sobre talvez pular à frente e fazer um flashback, nós temos discutido sobre começar logo após o incidente”, Coto disse. “Nós não sabemos ainda. Uma vantagem [de começar logo após] é que você pode usar a emoção. Há uma vantagem em pular à frente e fazer flashbacks, mas aí você estará preso aos flashbacks e a audiência passa muito tempo para alcançar. Isso pode ser bom porque você estará construindo um mistério, mas, ao mesmo tempo, havia vantagens em pegar de onde terminamos e seguir em frente para você estar junto aos personagens.”

Essa direção para a história não indicará como será o final da série, diz Coto. “Não mesmo. É mais para manter as coisas frescas. Nós realmente não tínhamos ideia se iríamos para dois ou quarto anos, o que você tem quando a decisão foi tomada. No momento nós estávamos renovando para dois anos, mas pode continuar, quem sabe? É difícil dizer. Então isso não era encarado como um final. Era mais para a evolução de Dexter como assassino, como pai e como irmão.”

Coto está favorecendo deixando todo o conjunto mais unido que as histórias B que todos eles tiveram há alguns anos. “Pessoalmente eu teria amarrado mais, porém nós podemos ir à sala dos escritores e fazer uma coisa diferente. A diversão disso é ela comandando o departamento. Ela tem de manter a boca fechada, a chefe está segurando um segredo de alguém. Batista e Quinn e todos a sua volta, tendo que manter um segredo de todos eles faz desse um lugar muito mais divertido e dinâmico. Agora é a história de um serial killer que trabalha na Polícia de Miami, cuja irmã é a chefe do departamento e sabe que ele é um serial killer. É uma dinâmica fascinante para nós explorarmos.”

Isso soa também como um voto de confiança para Deb manter o segredo.É apenas muito mais suculento explorar isso. Mesmo os pensamentos de um novo assassino para a sétima temporada dependem de Debra. "Nós não sabemos ainda. Está muito cedo. Tivemos discussões preliminares. Seja quem for esperamos que coloque essa pressão em Debra e o seu conhecimento de "Dexter", que informa a dinâmica que criamos."

Agora, outro assunto desconfortável. O momento que o terapeuta de Deb diz que ela deve explorar os sentimentos românticos por "Dexter", a maioria de nós disse, "Nãoooo!" Para muitos espectadores, irmãos adotados são tão tabu como irmãos de sangue."Dexter" não é seu irmão de sangue, mas eles são família. Um terapeuta responsável não deveria desencorajar isso?
"Um terapeuta pode, mas alguns dos terapeutas com quem trabalhei são a favor de deixar seus sentimentos fluirem", Coto diz. "Eles são adultos. Eles não são adolescentes vivendo com mãe e pai. Uma vez que se é adulto e se tem esses sentimentos, você tem que pelo menos explorá-los de alguma maneira. Eu não conheço muitos terapeutas que diriam, "Você precisa bloquear isso. Esqueça."

Não bloquear, mas por favor, não sair com seu irmão. Isso ainda é errado. " Isso é, mas acontece," Coto admitiu. "Não com freqüência, mas isso acontece. Por sinal, porque isso é terrível e talvez preocupante, isso é "Dexter". Nós sentimos que poderia ser interessante seguir essa história em particular mesmo que seja terrível e preocupante para algumas pessoas. Isso não é a Família ABC. Isso é Showtime e a série está constantemente tentando seguir para lugares que não se espera."

Isso certamente não era esperado. O desenvolvimento controverso ainda saiu de um lugar temático, mesmo que o tema não tenha parado em uma incesto na adoção, "Isso foi mais algo que chegou até nós porque tínhamos visto os relacionamentos de Debra no passado. Nós tentamos escrever de dentro da cabeça dos personagens. Estando na cabeça de Debra por tantos anos e seus relacionamentos falhos e seu relacionamento anterior com um serial killer e o fato dela sempre ficar com esses caras que não estão disponíveis ou problemáticos, então nos ocorreu que talvez tenha algo por trás disso."

Tradução: @cah_mattos/@paulajes
Fonte: bloody-disgusting.com | DexterGR

0 comentários:

Postar um comentário

CARREGANDO NOVO FORMULÁRIO DE COMENTÁRIOS. AGUARDE.... SE VOCÊ ESTIVER LENDO ISSO E A PÁGINA FOI TOTALMENTE CARREGADA, NÃO USE ESTE FORMULÁRIO PARA COMENTAR. APERTE F5 E AGUARDE O NOVO FORMULÁRIO CARREGAR