terça-feira, 31 de julho de 2012

TCA 2012: Destaques do Painel de Dexter

Veja a transcrição de algumas coisas que foram ditas durante o TCA 2012

"Estava ansiosa para isso acontecer e muito curiosa sobre como seria escrito, e também aterrorizada com isso." Jennifer Carpenter disse em resposta a primeira pergunta do reporter perguntando pela reação de coragem com Deb descobrindo sobre a atividade extra-curricular no final da ultima temporada.

"Acredito que isso torna o final bem mais real," Michael C. Hall diz. Ele diz que esse acontecimento na dinâmica de seu personagem é revigorante, pois Dexter está preocupado de uma forma que nunca esteve antes.

Dexter se revelando como um assasino em serie faz com que o final da ultima temporada fique mais palpável e iminente. Pelo menos de acordo com a estrela Michael C. Hall que elabora, ''eu acho que o plano é fazer essa temporada e a oitava e ultima temporada e realmente contar a historia dos dois negociando a sua relacao neste novo cenário. Esse tempo todo parece correto''.

Jennifer Carpenter diz que quando fez o teste para o papel, ela deixou as páginas caírem e soltou um xingamento. Ela brinca que acha que isso a ajudou a conseguir o papel.

Scott Buck chama de "frustrante" a descoberta dos fãs online sobre o segredo do Edward James Olmos mas não havia nada que eles podiam fazer. Ele diz que se eles fossem fazer algo parecido novamente, eles fariam de uma maneira diferente.

Quem é a personagem de Yvonne Strahovski? Ela diz que ela se chama Hannah McKay, que aparece no episódio 3. "É seguro dizer que Hannah tem um passado sombrio e guarda alguns segredos," diz Strahovski.

"A cada temporada fico uma atleta melhor," Carpenter diz sobre em qual temporada ela se sentiu mais forte.

"A primeira é singular pois nós a gravamos antes que qualquer um tenha assistido," Hall acrescenta. "Acho que a quarta temporada é considerada forte por muita gente e eu acho que é uma na qual o principal adversário de Dexter era tão forte quanto qualquer outro que ele tenha enfrentado."

Mas Hall elogia o que estão fazendo nesta temporada, também. "Há um sentimento de realização, que, com esse novo acontecimento, chegamos aonde queríamos." Carpenter acrescenta que há um sentimento de "perigo."

"Nunca diria nunca, mas acredito que o sentimento é de que estamos chegando a um final definitivo," Hall diz sobre a possibilidade de continuar além da próxima temporada.

"Acharia irônico, devido ao que faço,” Hall brinca quando alguém pergunta o que ele faria se descobrisse que seu irmão (inexistente) fosse um serial killer.

Em uma nota mais leve, Carpenter afirma que ela iria chamar a policia imediatamente se ela descobrisse que seu parente eh um assasino em serie.

"É muito gratificante," diz a produtora Sara Colleton sobre atores querendo participar da série, alguns os quais não costumam fazer TV.

"Nunca tive uma melhor parceira de cena do que a Jennifer," Hall diz sobre o que admira sobre sua colega. "Sua generosidade e a volatilidade de seu desempenho, o senso de perigo para a dinâmica, o sentido de compromisso ...Fico espantado assistindo-a."
''Por sua vez, Carpenter retribuiu o favor revelando que Michael dá a entonação perfeita durante todo o show''

"Michael dá o tom" de como todo o show funciona, diz Carpenter. Ela observa que ele mantém todos em comunicação e cuida de todos os detalhes. Ela observa sobre como ele jesticula e bate em seu relógio antes dos assassinatos.

“Pegamos o livro, a estória de origem e a brilhante ideia que Jeff Lindsay tinha sobre o conceito do personagem de Dexter,” diz Colleton. Mas acha que seria trapaça usá-lo agora depois de todas as mudanças que fizeram. Então se você está tentando descobrir como Deb reagirá ao segredo de Dexter, provavelmente não encontrará spoilers nos livros.

''Ele traz uma gravidade real, peso e complexidade'', conta Hall sobre Ray Stevenson, que se junta ao show nessa temporada. ''Ele está interpretando um personagem que certamente tem seu lado sombrio, ele é inigualável e ele consegue converter tudo isso em um jeito que por fora parece muito fácil.

Buck diz que eles sempre souberam que contariam o enredo da descoberta de Deb, mas não queriam fazê-lo antes de ter um fim (quase) a vista.

''Foi um pouco intimidador, mas muito divertido'', disse Stahovski sobre sua mudança de CHUCK para DEXTER. ''Eu assisti todas as 6 temporadas em 3 semanas e agora que eu estou trabalhando com essas pessoas é uma ótima experiência e estou honrada por ser parte disso.''

"No meu ponto de vista, DEXTER é ainda mais atraente quando ele está em apuros" Hall diz sobre o que os fãs podem esperar para este ano se não gostaram da última temporada. "E ele nunca esteve em um problema maior do que o que está agora".

"Devido ao que sei que estamos fazendo esse ano, estou realmente excitada em mostrá-los o que fizemos," Carpenter diz, observando que questionar a qualidade da série poderia ter ferido seus sentimentos se ainda não tivessem gravado nada. Mas ela está animada pelo que ainda veremos.

"Nós progredimos um ano de cada vez" Colleton diz sobre DEXTER durar tantos anos na Showtime.

Eles ainda não começaram nada concreto para a 8ª temporada, mas já começaram a pensar no próximo ano.

Tradução: @carol_mag | @Gabi_Ferraroni
Fonte: thetvaddict.com | givememyremote.com

0 comentários:

Postar um comentário

CARREGANDO NOVO FORMULÁRIO DE COMENTÁRIOS. AGUARDE.... SE VOCÊ ESTIVER LENDO ISSO E A PÁGINA FOI TOTALMENTE CARREGADA, NÃO USE ESTE FORMULÁRIO PARA COMENTAR. APERTE F5 E AGUARDE O NOVO FORMULÁRIO CARREGAR