quarta-feira, 12 de dezembro de 2012

Review 7x11 - Do You See What I See?



                Primeiramente peço desculpas pela demora da review. Virei a noite (de Segunda para Terça) fazendo trabalho, dormi por três horas de manhã e fui pra faculdade. Voltei 22h e vim correndo escrever o texto!

                Episódio notavelmente acima da média da temporada, da série. Pelo nível da temporada, o episódio se fez ainda mais surpreendente do que seria, caso a temporada também mantivesse esse nível.
                Preciso falar que Dexter vovô foi meio bizarro, e ao invés de transformarem a Hannah em mais velha, colocaram roupas folgadas nela e a fizeram mais caipira. Harrison adolescente com certeza seria o terror das menininhas de Miami. Ainda estou um tanto perplexo, mas devido ao sono imenso, estou dócil como uma criança dopada de doce e oxigênio, portanto, não pretendo falar muito aqui, vou deixar as discussões para os comentários.

                A Deb, eu sempre amei a Deb. Eu gosto de ver a Jen atuando, gosto dos alguns rumos que a personagem toma, mas este, especialmente, me deixou perturbado. Só eu que vi claramente o quão bem forjado foi esse acidente? Talvez eu esteja totalmente errado, mas fiquei impressionado ao ver que a Debra armou tudo isso para que Dexter desse um jeito na Hannah. Até porque a tenente já tinha a amiga da Hannah como chave para uma incriminação. Não consigo acreditar que a Hannah tenha envenenado a Deb.


                A Hannah, por sua vez, mostrou-se muito madura quando foi acusada de ter planejado e tentado assassinar a Deb. O argumento de que “se ela quisesse, ela não teria falhado” foi fantástico, eu estava pensando exatamente a mesma coisa! Apesar de eu não conseguir ver um final agradável, com uma família grande e feliz com a Hannah, Deb e todo mundo vivendo em comunhão, eu não gostaria que a loirinha fosse presa. Mas pensando a nível de série, achei uma jogada fantástica. Não por ela, mas pelo Dexter.

                Dexter, ah, Dexter! Por que erras tanto? Para um “psicopata”, Dexter pensa demais com o coração. Eu me sinto bastante irritado vendo Dexter imaginar-se fofinho com a Hannah no futuro, e também sendo enganado pelas evidências, traindo a Hannah. Talvez essa irritação é que me prende tanto à série! Mas temo que a loira abra a boca sobre as brincadeiras noturnas do nosso serial killer.

                Para mim o ponto alto do episódio foi a emboscada da LaGuerta com o Hector Estrada. Ela conseguiu a maior prova circunstancial que poderia ter, agora não vai mais ser um simples jogo de gato e rato. Foi muito inteligente, eu não imaginava que o propósito de Estrada era esse. Como é comum em Dexter, achei que fosse mais um filler do passado do protagonista, mas o episódio surpreendeu conectando a LaGuerta ao assassino.


                O episódio, em si, foi uma grande construção para os épicos acontecimentos finais. Eu me perguntei sobre a volta do Matthews, que aparentemente teria sido um tanto desnecessária, mas acabei por aceitar como importante para demarcar muito bem a obsessão da LaGuerta para provar a inocência de seu finado amigo James motherfucker Doakes.

                Acho muito bacana quando a série usa de recursos potencialmente grandes para desviar o foco dos verdadeiros acontecimentos futuros. Isso aconteceu com a pista do barco do Doakes, que acabou tornando-se ínfimo perto da cilada do Hector Estrada. Outro exemplo do mesmo recurso usado neste episódio foi o foco na Arlene Shram, amiga da Hannah. Mais tarde essa pista tornou-se diminuta quando Dexter surpreendentemente entregou a caneta de Sal Price, que serviria de prova contra Hannah.

                Gosto de quando o episódio prega peças inteligentes, gosto de me sentir bobo e não descobrir o que vai acontecer, gosto de não saber o futuro de Dexter... Mas será que existe futuro para Dexter?

                Até a Season Finale.

0 comentários:

Postar um comentário

CARREGANDO NOVO FORMULÁRIO DE COMENTÁRIOS. AGUARDE.... SE VOCÊ ESTIVER LENDO ISSO E A PÁGINA FOI TOTALMENTE CARREGADA, NÃO USE ESTE FORMULÁRIO PARA COMENTAR. APERTE F5 E AGUARDE O NOVO FORMULÁRIO CARREGAR