terça-feira, 25 de junho de 2013

Michael C. Hall Fala Sobre o Final do Assassino Dexter para o TV Guide

Michael C. Hall fala sobre o final do assassino Dexter no set para o TV Guide Magazine.Continue Lendo...

Por oito temporadas o TV Guide Magazine teve honrado um código verbal no set de "Dexter" e desaparecido sempre que Michael C. Hall vestiu o avental de vinil, preparou o plástico e ligou no modo Dark Passenger. O ator sempre insistiu que ele precisava de privacidade para realizar a tarefa mortal de seu personagem - mergulhando uma faca de açougueiro nove polegadas no peito de qualquer bandido que estava devidamente embalado para a mesa de matar.

Mas agora, como o código mortal do pai de Dexter, Harry, essa regra está começando a desmoronar. "O que você acha?" Hall responde em uma voz estranhamente otimista, inaugurando um jornalista dentro da câmara de assassinato pela primeira vez. Atrás dele, um jovem ator, nu sob um manto de plástico, silenciosamente ensaia suas falas com fones de iPod nos ouvidos. As facas de Dexter mentem como pingentes em uma bandeja de aço frio. "Então, valeu a pena a espera?" Para ser justo, vamos precisar passar pela última temporada de "Dexter" para saber com certeza. Somente os 12 episódios finais irão resolver questões remanescentes sobre Dexter Morgan, especialista em respingos de sangue do Departamento de Polícia de Miami, que costuma matar assassinos em série. Ele será capturado? Ele finalmente confessará? Ele morrerá? Ou será que Dexter mais uma vez irá desafiar as probabilidades, como tem feito por mais de 100 assassinatos, e escapado como um mosquito na sufocante noite da Flórida? Harry, pelo menos, apreciaria esse final.

Hall mostra um meio sorriso e volta a trabalhar, quando confrontado com essa conversa. "Pode Dexter sobreviver?", Diz ele, tirando uma luva de látex. "Bem, ele certamente é um sobrevivente. Mas há uma série de rachaduras no edifício que ele criou para si mesmo. Ele não pode sobreviver para sempre no contexto que nós o vimos entrar. Algo tem que ceder."

Dexter é o contrário de qualquer personagem antes dele na TV e só se torna mais atraente, o que provavelmente explica porque a classificação para o show é maior que nunca. No final da temporada passada a Showtime teve a maior audiência de todos os tempos de um episódio de suas séries originais, com 3,4 milhões de telespectadores. A audiência nunca tinha torcido por um serial killer antes e raramente sangue coagulado e brutalidade tem sido tão divertido. Um clássico joelho percussor da 1ª temporada: quando LaGuerta questiona porque o ITK gostaria de manter uma cabeça decepada ao lado dele na frente de seu carro, Dex fareja, "Eu não sei. Para ele fazer rodízio de motorista?".

"Eu acho que Dexter representa o peso completo do que significa para um humano - bom, mau, absurdo e de outra maneira.", fala a produtora executiva Sara Colleton. Ela ajudou a desenvolver a ideia da série depois de ler um parágrafo publicado no The New Yorker sobre um romance criminal de 2004 de Jeff Lindsay, "Darkly Dreaming Dexter". Que descreveu Dexter como um afável vigilante serial killer com uma fraqueza por camisetas de boliche e Colleton garantiu imediatamente os direitos televisivos. "O livro tinha uma cômica circulação de comentários sobre porque os humanos fazem o que fazem, com Dexter reflacionando opiniões através de seu prisma psicopata de um cérebro.", diz ela. "Ele é um assassino, mas ele também é engraçado e melhor irmão, namorado e empregado do que a maioria. Eu pensei, 'Isso é uma série de televisão'."

De volta ao set, Hall fica rolando. É como um interruptor que capotou. O anfitrião genial da câmera passou inteiramente por Dex. Sua pele é brilhante e ele está de pé, faca na mão, em cima da vítima aterrorizada na mesa.

"Eu não fiz isso!" o pobre parasita grita.

"Conte mais uma mentira e eu te matarei", Dexter sussurra.


Ninguém no set move um músculo.
Fonte: darklydexter
Tradução: Bruna Rubin

0 comentários:

Postar um comentário

CARREGANDO NOVO FORMULÁRIO DE COMENTÁRIOS. AGUARDE.... SE VOCÊ ESTIVER LENDO ISSO E A PÁGINA FOI TOTALMENTE CARREGADA, NÃO USE ESTE FORMULÁRIO PARA COMENTAR. APERTE F5 E AGUARDE O NOVO FORMULÁRIO CARREGAR