sábado, 6 de julho de 2013

Aimee Garcia fala sobre a 8 temporada, Jamie Batista, RoboCop, e a vida depois de dexter

Aimee Garcia esta em outras estradas em sua vida. Com a temporada final de Dexter noar, a atriz, que faz o papel de Jamie, a babá devotada e amiga do Serial Killer, está abrindo uma nova janela em sua carreira. O Proximo filme na sua lista é o remake de Robocop. Os episodios final de dexter estao a semanas de serem exibidos. Decisões precisam ser feitas, mas Garcia, que ja tem mais de uma decada em hollywood, e boa em decisoes de vida.

Há alguns anos fora da faculdade, com uma oferta de emprego no Morgan Stanley (Corretora de Títulos e Valores Mobiliários) que perseguia seu sonho de criança. "É como namorar um cara que você pensa que é o maximo, mas você tem que sair e dar seu jeito," ela explica. "Eu 'namorei' a economia e depois eu fiquei pensando, quer saber, vou voltar para o meu primeiro amor. No ultimo ano, esse salto colocou ela de frente com Gary Oldman em Robocop, um topico que nos entraremos a fundo.


Quão perto você está de envolver a serie?
Muito, muito perto. Nós temos um par sobrando

As pessoas ja estão morrendo?
Ah sim.Cabeças estão rolando em todo o lugar. [Risos] Nosso astro é um serial killer Cabeças estão na guilhotina o tempo todo

Acho justo dizer que a Jamie é a unica pessoa inocente que sobrou na vida do Dexter depois de sete temporadas. Isso vai continuar na oitava?
Voce esta certo, ela é uma das poucas pessoas que não têm sangue nas mãos e são tão inocentes e, o que você ve é o que você tem.Todo personagem na série tem uma jornada, e esse ano a Jamie entra em uma jornada que vai muda-la para sempre. Ela era aquela com mais simpatia mas nessa temporada ela meio que é levada ao mundo "obscuro" do Dexter.

Então você esta feliz com o seu arco?
é legal, por que eu sempre digo que ela é um bom teste para o quão longe os personagens passaram.Ela vê Dexter da mesma forma que todo mundo viu no episódio "Piloto" quando ele trazia os Donuts, um estranho tipo de nerd que sabe tudo sobre sangue. Ele é só um nerd e ela continua o vendo dessa forma enquanto todo mundo meio que têm suas duvidas e perguntas. Ela acha que ele é o melhor chefe do mundo e realmente o ve como uma família, e ela é provavelmente a coisa mais proxima que ele teve com uma esposa e o Harrison com uma mãe, mas nada dura para sempre.

Você achava que a série continuaria depois dessa temporada?
Eu iria amar se a série continuasse por mais alguns anos, mas eu respeito muito a vontade que o Michael tem de querer acabar com a jornada de seu personagem da maneira certa, ele respeita demais os seus fãs desta forma.Nós não vamos continuar fazendo isso só porque nós podemos, só para a audiência subir. É muito raro, eu acho, para cancelar um show quando eles continuam recebendo mais e mais telespectadores a cada ano.Mas ele só fala com o calibre do quanto ele acredita na jornada deste personagem. Ele é assim, "Esta é a hora certa para acabar." Assim é. É o fim.

Você tinha uns grande teste quando era mais nova - Romeo & Julieta de Baz Luhrmann, por exemplo. Como era isso?
Isso foi quando eu era apenas uma criança em Chicago. Eu estava na escola e eu fiz o teste para esse papel em Romeo & Julieta. A próxima coisa que sei, é que tinha um advogado da Fox na minha casa e ele estava levando meu pai e eu para conhecer Baz Luhrmann em Nova Iorque. Eu não tinha ideia como um teste de seleção era. Eu não estava maquiada ou com o cabelo arrumado. Eu não tinha ideia do que estava acontecendo. Eu era apenas essa criança arrancada de Chicago depois de me colocar em vídeo para o líder desse grande filme. Então eu apareci e tinham 5 garotas: Natalie Portman, Reese Witherspoon, Claire Danes, e Christina Ricci. E eu estava tipo: " Caramba, eu provavelmente devia ter arrumado o cabelo."

Você teve uma breve passagem pelas finanças antes de se tornar uma atriz profissional. Por que você voltou a atuar?
Quando eu me formei na faculdade, eu me mudei para o Brooklyn para trabalhar como uma analista de fundos para uma companhia de exames de investimentos, porque eu queria aumentar meus níves econômicos e jornalísticos juntos. E eu pensei "Estou quebrada e estou vivendo em um armário no gueto de Brooklyn, mas olha, foi por isso que me formei na escola." Então eu consegui uma oferta de trabalho na Morgan Stanley - consolidação e divisão de aquisições, e eu pensei, "Ou eu admito para mim mesma que eu na verdade amo o que eu faço e faço uma carreira disso e encaro o fato que eu não estava apenas atuando para pagar pela faculdade, mas na verdade eu amo isso, ou eu faço o que se faz com pais que são imigrantes e pego o caminho seguro?", eu, com certeza, não escutei os meus pais e não fui pelo caminho seguro e fiz minhas malas e disse "É isso".

E agora você tem um papel no novo filme do RoboCop durante o ano que vem. Como está o andamento desse projeto?
Na verdade, estamos enrolados. Eu filme ele no hiatus. É incrível ter todas as suas cenas com Gary Oldman.
Ele é um ator tão iconico e eterno. Ele é realmente um daqueles atores que é um camaleão. Quantos atores você diz ter o âmbito de fazer Sid Vicious e Beethoven e comédia e drama - Quinto elemento e Dracula. A diversidade dele é inacreditável. Então uma vez eu meio que estive nervosa de trabalhar com ele, isso foi ótimo. Ele é tão esperto e ele é tão bom no que ele faz - ele é um observador perpétuo. Eu assisti o seu trabalho e cada tomada era completamente diferente e ele podia tão graciosamente misturar comédia com drama, com a sinceridade que  eu sinto que muito poucas pessoas ainda possuem e ainda uma relatabilidade.

Me fale sobre sua personagem.
Nós dois somos cientistas que ajudamos a criar e a trazer o RoboCop de volta a vida. Eu sou sua assistente, de certo modo, e ele é o segundo no comando, então eu não poderia pedir pedir por um capitão melhor. Em uma cena, se eu estivesse dizendo algo, ele apenas traria minha personagem a vida com um gesto ou segurando minha mão ou me olhando. Ele é muito generoso, o que é tipo um sonho se tornando realidade para qualquer ator.

Digo, até eu estou com inveja.
[Risadas] E ele é tão estiloso. Ele é o único cara que eu penso poder usar meias roxas. Mesmo se sua chamada for as cinco da manhã, ele apenas coloca Os Beates e David Bowie. Ele é incrível.

O que está por vir?
Uma parte minha quer ir para Machu Picchu por um mês, ou ir para as ilhas Galapagos, ou viver em Berlin no verão. Eu não sei. Eu venho trabalhando sem parar. Eu acho que trabalhei tipo 330 dias esse ano. Eu tenho sido muito sortuda como um ator, porque existem definitivamente longas pausas entre os projetos. Eu disse ao Michael C. Hall que ele meio que estragou isso para mim, tipo onde você vai após voar de primeira classe? É bem difícil voltar para o sofá. Então eu não sei o que está por vir. É difícil ganhar de uma série como Dexter. Eu realmente acho  que não havia nada como ela há oito anos atrás. O que acontece quando você é parte de uma série iconica? Ou eu  não irei fazer nada e apenas viajarei, fazendo teatro, ou algo irá chegar para mim, algo criativo para eu fazer. Mas eu prefiro não fazer nada do que andar para traz.

Tradução: Jordi Lacerda | Jaqueline André | Alexandre Alves
Fonte: bullettmedia.com | DexterDaily.com

0 comentários:

Postar um comentário

CARREGANDO NOVO FORMULÁRIO DE COMENTÁRIOS. AGUARDE.... SE VOCÊ ESTIVER LENDO ISSO E A PÁGINA FOI TOTALMENTE CARREGADA, NÃO USE ESTE FORMULÁRIO PARA COMENTAR. APERTE F5 E AGUARDE O NOVO FORMULÁRIO CARREGAR