sexta-feira, 19 de julho de 2013

Dexter se despede com um painel final na Comic-Con 2013


THR  relata: "Tudo é uma questão de duração"."Nós estamos saindo do jeito que nos esperavamos".Essas são as palavras de Michael C. Hall e Jennifer Carpenter no vídeo de despedida que abriu a sessão final de Dexter na Comic-Con de San Diego.
O drama da showtime encerrou quinta-feira no confab anual de cultura pop com um final bem apropriado: Um painel no enorme salão H, onde o elenco e os criadores disseram adeus aos fãs que ajudaram a tornar o show, um padrão pelo qual os outros dramas de seriall killers são medidos.
Para ajudar na comemoração, Dexter trouxe de volta alguns rostos do seu passado, incluindo Clyde Philips, Lauren Velez, Erik King e Julie Benz, trazendo muitos no salão a seus pés e um mar de flashes que duraram até os primeiros momentos da sessão de uma hora. John Lithgow, também apareceu durante uma parte gravada do Light-hearted. "Eu queria estar com todos vocês hoje, mas como vocês sabem, eu estou morto...Não passa um dia em que alguém não me reconhece como um psicopata, eu agradeço a vocês por isso"
Leia mais do artigo em "Continue lendo".


A produtora Sara Colleton disse que, apesar do encerramento das produções no final da série, semana passada, ainda não caiu a ficha dela de que o show realmente acabou, "nossos corpos, daqui a 5 meses, vão começar a bater nas portas perguntando por que não estamos mais fazendo Dexter"
"Ha uma parte inconsciente de nós que ainda não aceitou ou reconheceu ainda," Hall continuou."Cinco ou seis meses a partir de agora, haverá uma onda de algo que todos nós vamos experimentar"

Os ex-colegas de elenco, se juntaram aos membros do elenco atual-incluindo Desmond Harrington, David Zayas, Aimme Garcia, Yvonne Strahovski- presente, agradeceram aos fãs pelo apoio e disseram que, mesmo com os seus personagens mortos, eles ainda são parte da familia- e são reconhecidos na rua.
Enquanto o elenco foi cuidadoso para não falar de como as coisas vão acabar, a convidada Strahovski fez uma provocação sobre o retorno iminente de Hannah. "Quem sabe se sua motivação vai ser a vingança ou o amor", disse Strahovski."É um mistério."

Hall, por sua vez, observou que Dexter vai continuar a re-examinar sua relação com o falecido pai, Harry, a quem até esta temporada acredita ter criado o código pelo qual o "Dark Passenger" segue.
Carpenter (Deb), cuja jornada tem sido a espinha dorsal da série, disse que está sempre enraizada por seu irmão adotivo na tela- embora tenha tido dias em que a Deb quis mata-lo."Eu sempre quis defende-lo, por que de uma maneira estranha isso tem sido como proteger a minha própria vida", disse ela.

A atriz também disse que ela realmente gosta de Deb, a perecer no final de Dexter."Eu queria e quero que a Deb morra", disse ela."Como atriz, é por que eu a amo, é um pouco como a forma em que o Michael trata as suas vítimas: Eu quero que ela va ao fundo do abismo, ao invés de eu continuar a me perguntar "E se?" durante 8 anos na minha cabeça, mesmo depois do show ter acabado, e eu ter que ligar para o Scott Buck para que ele escreva uma cena para ela.

Hall volta para a conclusão de "A sete palmos" e observou que ha um sentimento de encerramento que vem com isso. "No final de A sete palmos, nós todos tivemos que morrer, o que como atores, tivemos que concluir o trabalho e continuar" disse ele.

Em relação ao que vem a seguir, Hall disse que estava aberto as oportunidades de fazer TV novamente, depois do que ele aprendeu em "A sete palmos", que nunca se deve fechar uma porta.

O elenco sentimental, que fechou o painel de cada compartilhamente do show -- também revelou os pedacinhos das filmagens que cada um guardava para si, uma vez que as produções acabaram.
Hall levou o relógio e cordão de Dexter e também queria levar algumas pinturas de sangue da parede de seu personagem, mas Carpenter o venceu com um soco.Garcia manteve o colar de Jamie;Harrington brincou que teria pego todo o ouro falso de Quinn; Strahovski levou para a casa a orquidea negra que Hanna da para Dexter.Carpenter, entretanto, não poderia pegar apenas uma coisa: "Eu peguei um monte!" disse ela entusiasmada do palco. Zayas, entretando ficou com umas das camisetas e bonés do Angel.

Quando uma fã perguntou se poderia haver uma série centrada no jovem filho de Dexter, Harrison, Hall chegou pronto com uma resposta adequada."Em 25 anos, vai ser uma nova série chamada Harrison, e Dexter terá morrido e eu vou ser a sua morte, o pai eterno internalizado."

Fonte: Dexter Daily
Tradução: Jaqueline André

0 comentários:

Postar um comentário

CARREGANDO NOVO FORMULÁRIO DE COMENTÁRIOS. AGUARDE.... SE VOCÊ ESTIVER LENDO ISSO E A PÁGINA FOI TOTALMENTE CARREGADA, NÃO USE ESTE FORMULÁRIO PARA COMENTAR. APERTE F5 E AGUARDE O NOVO FORMULÁRIO CARREGAR